Blog

Colunistas

João Carlos Figueiroa – Historiador Botucatuense

Os registros mais antigos falam da presença em Botucatu de uma família Levy. Quando Sebastião de Almeida Pinto ocupou-se das crônicas sobre o Botucatu de antes, no seu livro “No Velho Botucatu”, falou que Samuel Levy era rabino e, como profissional trabalhava em ourivesaria, mas também era protético, não abrindo mão de desempenhar as funções de dentista prático. E era francês de nascimento.Samuel morreu em Botucatu e jaz enterrado no Cemitério Portal das Cruzes. Seus segredos e suas histórias foram com ele. (*)

É bem possível que, entretanto, tenham existido, outras famílias judaicas e professando sua fé, na cidade. Na certeza mesmo, pode ser registrado que as famílias judias, não muitas, começaram a vir a Botucatu entre as duas grandes guerras. Quase todas elas são oriundas da Rússia e de países que caíram sob a influência da revolução bolchevique de 1917.

Nossos Contatos

Telefone

(14) 99646-4411

w

WhatsApp

(14) 99646-4411

E-mail

ondeeuachobotucatu@hotmail.com

Peça um Orçamento Sem Compromisso

1 + 7 =

Share This